Principais atrações do Festival Manifeste

No Longer Music

A banda americana No Longer Music e os cariocas da banda Medulla são os destaques do Festival Manifeste GRU, que no dia 21 de janeiro, domingo, a partir das 12 horas, chega a Guarulhos reunindo músicos da cidade com nomes expressivos da música brasileira, pop, rock, rap e misturas alternativas. O Calçadão da Rua Dom Pedro, no centro, será palco desse grande evento.

No Longer Music

Formada por um grupo de músicos, artistas e atores internacionais, a No Longer Music apresenta um espetáculo inusitado em praças e grandes centros urbanos. Em seus shows, fazem uma mistura divertida, energética e poderosa de música, performances e efeitos visuais. Para saber mais, acesse: https://www.facebook.com/nolongermusic/

Ouça Longer Music na iTunes Store 

Medulla

Medulla

Além da apresentação em Guarulhos, a turnê da No Longer Music pelo país passará ainda por três estados brasileiros, cidades como São Paulo (SP), Santo André (SP), Duque de Caxias (RJ), Rio de Janeiro (RJ), São José dos Campos (SP) e Curitiba (PR), acompanhada pela banda carioca de rock Medulla. Formada em 2005 no Rio de Janeiro, Medulla possui composições que exploram temas habituais e estabelecem uma filosofia musical que engloba diversos públicos. Nove das dez apresentações previstas serão gratuitas. Para saber mais, acesse: https://www.facebook.com/MedullaOficial/

Outras atrações do Festival Manifeste em Guarulhos:

Lumiére

Lumiére

Em julho do ano passado, os músicos Moah, Henrique Feher, Wallace Sousa e Lucas Donato formaram abanda Lumiére. Os integrantes, que já estão na estrada há alguns anos, envolvidos na cena rock em bandas como SavantInc e Life To Live, se juntaram nesse novo e despretensioso projeto de rock pesado. Para saber mais, acesse:https://www.facebook.com/rocklumiere/

João Perreka – Foto: @jana_sfaria

João Perreka e os Alambiques

O nome do projeto do jornalista e agitador cultural guarulhense João Perreka. Acompanhado por músicos que complementam e harmonizam suas letras e canções, a banda explora uma sonoridade que transita entre a música brasileira contemporânea, “groovada” e influenciada por histórias corriqueiras, amorosas, surreais ou não. Para saber mais, acesse: https://www.facebook.com/joao.perreka/

Yannick

Yannick 

Com letras baseadas no universo dos animes, mangás, cultura geek e uma sonoridade que foge aos padrões tradicionais do gênero, o rapper paulistano Yannick começou no rap em 2010, produzindo suas próprias músicas e lançando-as na internet. Esse caldo cultural, explicado talvez pela rica mistura do pai negro com a mãe japonesa, serviu de inspiração e energia criativa ao Afrosamurai. Para saber mais, acesse: https://www.facebook.com/profile.php?id=1145134442

Raffa Moreira

Raffa Moreira

Músico, arranjador, compositor e produtor musical de São Paulo. Em suas composições autorais, ele explora temas bastante atuais, como os paradoxos entre as diferenças de classe, a desigualdade social e a corrupção. Primando por originalidade sem aprisionar suas canções em um único estilo, Raffa mescla gêneros como Cloud Rap, Neo Soul e R&B. Para saber mais, acesse: https://www.facebook.com/raffamoreiramusic/

Caikan

Com influências de música popular e vertentes jamaicanas, o rapper Caikan vem misturando gêneros e trazendo uma nova cara à cena rap. No segundo semestre de 2017, lança seu primeiro trabalho solo, intitulado “Plural”, reafirmando suas raízes com ritmos e mensagens multicoloridas, com swing e positividade, rompendo barreiras para construir um novo caminho. Para saber mais, acesse: https://www.facebook.com/caikrichard.silvarodrigues

Bullet Bane

O EP “WeTookOff” foi o pontapé inicial da banda paulistana de  hardcore melódico Bullet Bane, em 2010. O primeiro álbum, “New World Broadcast”, veio na sequência e rendeu à banda uma turnê com mais de 80 apresentações por todo o Brasil. A Bullet Bane gravou ainda o split “Chumbo”, em 2012, projeto que envolveu outras bandas brasileiras, como a paulista Fire Driven e as cariocas Zander e Plastic Fire. Em turnê pela Argentina, a Bullet Bane gravou o álbum ao vivo “Music is the Most High”.  Em fevereiro, a banda realiza o lançamento do álbum “Continental”.Para saber mais, acesse: https://www.facebook.com/bulletbane/

Bullet Bane – Foto: ©Tinho Sousa

O Festival Manifeste

O ideal do Festival Manifeste é promover e difundir arte com uma mensagem. Por isso, sua proposta é levar as pessoas a manifestar algo, criar, comunicar, transformar, já que a grande mudança que o mundo exige também pode ser alcançada através da arte.

O Festival Manifeste trilha longo percurso de sucesso na realização de eventos que já rolaram em Guarulhos, em espaço coletivo na Vila Galvão, com festas, shows, encontros de grafiteiros, poetas e demais artistas de variadas linguagens. Por esse espaço,já passaram nomes como Medulla, Inglês, Castelo Branco, João Perreka, Warley Noah, As Despejadas, entre outros. Em São Paulo, os eventos do Festival Manifeste também já rolaram no Matilha Cultural, no centro da cidade, na pista de skate de São Bernardo do Campo, e na Estação Jovem, em São Caetano do Sul. Em Guarulhos, o 1º Festival Manifeste aconteceu em 2016, e contou com nomes como Edgar, Cefa, Edificação, Raffa Moreira, Locaut, entre outras bandas, e reuniu mais de 600 pessoas no Lago dos Patos, na Vila Galvão.

Serviço

  • Festival Manifeste, com as bandas No Longer Music, Medulla, Caikan, Yannick,Raffa Moreira, Lumiére, João Perreka e os Alambiques, Bullet Bane
  • Data: domingo, 21 de janeiro
  • Horário: a partir das 12horas
  • Local: Calçadão da Rua Dom Pedro II, no centro de Guarulhos
  • Evento gratuito
  • Classificação livre

Deixe um comentário